• Home
  • Notícias
  • Orientação por telefone aos beneficiários com sintomas do coronavírus

Orientação por telefone aos beneficiários com sintomas do coronavírus

Publicado em

A partir de hoje (24/03), os beneficiários do Agros que estiverem com sintomas associados ao coronavírus – dor de garganta, coriza, tosse seca, febre e dificuldade para respirar -  podem entrar em contato por telefone com uma central para receber orientações.

Os contatos podem ser feitos pelos números: 0800-605-1100 - ligação gratuita de qualquer cidade do país

(31) 3048-1100 - Belo Horizonte

(31) 99345-7889

(31) 99345-8597

 

Os atendimentos são feitos por uma equipe de profissionais da medicina e enfermagem, capacitados para identificar possíveis casos da doença e orientar sobre a necessidade de atendimento hospitalar.

O serviço é oferecido pela Captamed, parceira do Agros nas atividades do Programa de Atendimento Domiciliar. O objetivo é evitar o deslocamento desnecessário dos beneficiários aos prontos-socorros e outros espaços com aglomerações, contribuindo para reduzir os riscos de propagação ou de eventual contágio com a doença.

 

Atendimento

A partir da conversa por telefone, o beneficiário pode ser orientado a observar a evolução dos sintomas enquanto se mantém em quarentena, com acompanhamento remoto diário da equipe; ou pode receber a visita do médico da Captamed em domicílio para avaliação e melhor diagnóstico dos sintomas da doença e, nos casos de maior gravidade, encaminhamento para o hospital de referência.

Devido à localização das equipes de atendimento, a visita domiciliar poderá ser feita aos beneficiários de Viçosa, Belo Horizonte, Florestal e Juiz de Fora. Em Capinópolis, Rio Paranaíba e nas outras cidades de domicílio dos beneficiários, onde não há equipe constituída pela Captamed, as orientações e acompanhamentos serão realizados somente por telefone, com direcionamento dos casos mais graves para o hospital de referência credenciado mais próximo.

 

O Agros reforça as recomendações do Ministério da Saúde, disponíveis aqui, e orienta os beneficiários que, se puderem, 
fiquem em casa

 

 

Agros: previdência, saúde e qualidade de vida no presente e no futuro!