• Home
  • Notícias
  • Parcelamento de débitos do plano de saúde - participantes podem fazer requerimento...

Parcelamento de débitos do plano de saúde - participantes podem fazer requerimento até o início de setembro

Publicado em

Até o dia 4 de setembro os participantes com dívidas referentes à contribuição e/ou coparticipação ao plano de saúde do Agros podem solicitar o parcelamento desses débitos.

O Conselho Deliberativo autorizou o parcelamento em até 10 vezes, com parcelas mínimas de R$ 50,00. Devido à pandemia, o Conselho Deliberativo do Agros havia suspendido os cancelamentos do plano de saúde em razão de inadimplência entre abril e julho de 2020.

Os pagamentos dos débitos referentes aos meses de abril, maio e junho de 2020 serão isentos de multas, mas terão cobrança de juros. Para os débitos de meses anteriores serão cobrados multa e juros normalmente.

Todos os participantes nessa situação estão sendo contatados pela Gerência de Relacionamento para serem informados sobre a possibilidade de parcelamento. Quem tiver débito em aberto, mas não tiver recebido e-mail e/ou telefonema do Agros, deve entrar em contato com a Gerência de Relacionamento pelo e-mail gre@agros.org.br ou pelo telefone (31) 3899-6550 – opção 1.

Confira as orientações para o parcelamento:

- Os débitos são enviados para vencimento todo dia 15 do mês, de acordo com a quantidade de parcelas escolhida pelo participante.

- A manutenção no plano durante o parcelamento está condicionada ao pagamento das contribuições e coparticipações do mês corrente e das parcelas negociadas. Ou seja, o participante deve pagar os valores pendentes e também o valor do mês atual.

- O titular pode incluir no parcelamento os valores dos débitos de beneficiários agregados que tiveram o plano cancelado por inadimplência. O agregado poderá retornar ao plano somente após a quitação de todo o parcelamento e conforme as regras de elegibilidade.

- Participantes que forem informados sobre a possibilidade de parcelamento e não se manifestarem nem realizarem a quitação terão o plano cancelado no final do mês de setembro. Não será permitida a renegociação dos débitos.

- O não cumprimento do parcelamento, ou seja, deixar de pagar a primeira parcela, acarretará no cancelamento do plano já em setembro.

- Após o cancelamento, o retorno ao plano de saúde será possível apenas com a quitação de todo o débito pendente, conforme regulamento dos planos de saúde do Agros.

 

Agros: previdência, saúde e qualidade de vida no presente e no futuro!